Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Turismo

06/05/2021 12:58

Huacachina, a cidade-oásis no deserto peruano

Uma lagoa no sudoeste do Peru deu origem a uma curiosa microcidade que virou atração turística no país

Huacachina dá toda a impressão de uma miragem. Essa minúscula cidade está em torno de uma lagoa ladeada por uma vegetação exuberante, em meio a um imenso areal. Aconchegada entre as maiores dunas de areia da América do Sul, ela é o único oásis natural do continente, informa o site Earth Observatory da Nasa.

Localizada no sudoeste do Peru, Huacachina fica na orla do deserto do Atacama. A cidade está a cerca de 5 quilômetros de Ica, núcleo urbano mais importante da região. Seu nome em quíchua pode ser traduzido como “a mulher que chora”.

Diversos relatos de origem mitológica estão associados a Huacachina, Segundo uma lenda, Huacachina era o nome de uma bela princesa inca que ficou de luto pela perda de seu amante. Foram suas lágrimas que criaram a lagoa. Um dia, um guerreiro a viu e assustou a princesa, que correu para a água para se esconder por horas. Quando ela tentou sair, havia se transformado em uma sereia.

Sereia da lagoa

Outra versão diz que a princesa estava segurando um espelho e se admirando quando o guerreiro a viu. Quando ela fugiu assustada, o espelho caiu e se espatifou. O vidro se transformou em um pequeno lago no deserto e consumiu a princesa, transformando-a em uma sereia. Muitas lendas dizem que Huacachina ainda vive na lagoa e sai à noite para tentar quem nada lá.

 

Na realidade, o oásis é formado pela água de aquíferos subterrâneos que penetra na areia e ajuda a promover o crescimento de palmeiras, eucaliptos e alfarrobeiras ao redor da lagoa. Esse minúsculo corpo d’água, que cobre apenas cerca de 2 hectares (0,02 km2), é cercado por empresas, hotéis e restaurantes em sua orla.

Huacachina vista de satélite. Crédito: Lauren Dauphin, com informações do Landsat do U.S. Geological Survey

Em 15 de agosto de 2020, o Operational Land Imager (OLI) no satélite Landsat 8 capturou a imagem de Huacachina e das dunas de areia adjacentes reproduzida acima. Essas dunas atingem várias centenas de metros. São tão altas quanto pequenas montanhas.

Destino turístico

As dunas fornecem excelentes aventuras no sandboard: os viciados em adrenalina podem deslizar pelas dunas feito snowboarders. Os visitantes também podem passear de buggy pelas dunas ou caminhar, embora a areia torne as caminhadas muito cansativas.

 

A cidade-oásis tem uma população fixa de cerca de 100 habitantes. Nos últimos anos, os níveis de água na lagoa diminuíram devido à perfuração de poços próximos e ao aumento da evaporação durante os verões quentes. Consequentemente, a cidade tem alimentado a lagoa com água de fontes externas.

Localizada a cerca de cinco horas de ônibus de Lima, Huacachina é um destino turístico popular há mais de 70 anos. A cidade divertiu muitos membros da elite financeira do Peru nos anos 1940 e hoje recebe dezenas de milhares de turistas por ano. Chamada de “oásis da América” no passado, Huacachina foi destaque em uma cédula de 50 nuevos soles que circulou até 2006.


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

Nota
Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo