Cuiabá
Carregando...

? ºC

/

Variedades

15/01/2022 15:56

6 razões pelas quais você está engordando

O ganho de peso é um fator que tende a incomodar muitas pessoas, e associar dieta e exercícios físicos é sempre a primeira opção escolhida para reverter essa situação. Embora o processo de emagrecimento seja necessário para quem deseja, é imprescindível descobrir a causa dos quilos a mais antes de iniciar a vida fitness.
Muitos fatores isolados ou combinados podem favorecer o ganho de peso, portanto compreender o que te levou a isso é necessário para evitar o chamado “efeito sanfona”. Com informações do “Healthline”, veja seis razões que podem estar te engordando:
Alimentação com muitos excessos
Não é novidade que a boa alimentação é aliada ao emagrecimento, logo uma dieta rica em excessos pode estar contribuindo para os quilos a mais na balança.
O açúcar é um dos vilões. A ingestão regular de alimentos e bebidas açucarados, como doces, bolos, refrigerantes, bebidas esportivas, sorvetes, chá gelado, entre outros, pode ser o motivo do seu ganho de peso, além de favorecer o risco de condições crônicas de saúde, incluindo diabetes tipo 2 e doenças cardíacas, segundo estudos.

O excesso de calorias também é outro fator relevante. Portanto, se você exagera nas quantidades de alimentos e/ou faz diferentes lanches ao longo do dia, é melhor conter esse hábito e começar a prestar atenção nas tabelas nutricionais.

Alimentos processados também não são boas opções, pois além de serem repletos de calorias, são carentes de nutrientes essenciais, como proteínas e fibras, que mantêm a sensação de saciedade. Como exemplo dessas opções estão: comidas rápidas de micro-ondas, cereais açucarados, fast food, embutidos e enlatados.

Sedentarismo
O sedentarismo também é um grande — e velho conhecido — aliado ao ganho de peso e desenvolvimento de doenças crônicas.
Um estudo publicado em 2018, avaliou durante três meses 317 trabalhadores, e descobriu que além do sedentarismo, o tempo excessivo diante de telas contribui significativamente para o ganho de peso não intencional. Dieta restritiva
Dietas restritivas podem ter o efeito oposto e resultar em transtornos alimentares. Estudos apontam que a restrição pode levar ao ganho de peso futuro devido às respostas fisiológicas do corpo a tais comportamentos, como alterações nos hormônios da fome e da saciedade. Além disso, a maioria das pessoas que perdem peso dessa forma recuperam a maior parte ou todo o peso em 5 anos.

Estresse
O estresse também está associado ao ganho de peso, visto que os altos níveis de cortisol tendem a aumentar a fome e o desejo por alimentos calóricos.


Falta de sono
Dormir bem não é luxo, é saúde. A falta de sono pode proporcionar uma série de consequências físicas e mentais, entre elas o ganho de peso.

Evidências associam dormir de 7 a 9 horas por noite a uma probabilidade 33% maior de perda de peso, em comparação com dormir menos de 7 horas.

Você pode ter algum problema de saúde
Embora muitos fatores de estilo de vida contribuam para o ganho de peso, algumas condições médicas também podem o favorecer, e talvez você não saiba.

 


Entre essas condições estão: hipotireoidismo, depressão, síndrome dos ovários policísticos e transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP). Portanto, ter acompanhamento médico e nutricional é o melhor método para emagrecer com eficácia e saúde.


Plenário Mato Grosso - Central de Notícias, aqui você é informado com *Credibilidade **Dinamismo ***Seriedade e ****Conceito

Plenário Mato Grosso

Rua João Bento, 592-A
Bairro Quilombo
Cuiabá - Mato Grosso

plenariomtcomercial@gmail.com

imprensaplenariomt@gmail.com

contato@plenariomt.com.br

Busca

Redes Sociais

Nota
Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo